Tempo perdido…

Que queres de mim
Que me persegues,
Se não consegues
Este teu fim.
Ninguém aposto
Me obrigará
Fazer gostar
De quem não gosto.

Por desaforo,
Que me corou,
Dizes que sou
O teu namoro,
Não tentes mais,
Com teus carinhos,
Nossos caminhos
São deseguais.

Falas sem medo,
Do meu decoro,
Mas, quem adoro,
É meu segredo.
Vai-te por bem,
Eu te proponho,
Porque o meu sonho
É outro alguém!

Vai sem rancor,
Mas consciente,
Que o meu amor
Tem pretendente.
Toma sentido,
Esta aventura
Só te futura
Tempo perdido!…

1 pensamento em “Tempo perdido…

  1. What natural talent! These are all fantastic…truly amazing work!