Justiça…

Justiça é, pensem bem,
Um acção que um juiz faz,
Quando a coisa lhe convém,
Sempre com um (in) a trás.

Os tempos estão mudados,
Já não há, estou bem certo,
Justiça d’olhos vendados,
Andam todos d’olho aberto!…

O acidente…

Acidente é um demónio
Que, em qualquer ocasião,
Procura o momento erróneo,
Ou a mínima distracção.

Se o Diabo observou,
Que dum descuido se trata,
Alguém que se descuidou,
Põe logo o Diabo a pata!…